Diabetes e Pré-Diabetes

Diabetes e Pré-Diabetes

Muitos pacientes vêm a consulta com essas duvidas. Minha glicose deu alta, e agora? Tenho pré-diabetes ou diabetes?

Existem diversos tipos de diabetes, e o mais comum é o Diabetes tipo 2 (DM2) que ocorre devido a defeitos na ação e secreção da insulina e na regulação da produção de glicose no fígado.

Como a grande maioria dos pacientes não apresentarão os sintomas da doença como amento da sede e da urina, emagrecimento, o diagnóstico e feito através dos exames laboratoriais.

O rastreio da doença e realizado em todos os pacientes acima dos 45 anos ou em pacientes que apresentam risco aumentado como: sobrepeso, obesidade, hipertensão arterial ou história familiar de Diabetes. Outros fatores de risco também são levados em consideração: história de diabetes gestacional, uso de medicamentos como corticoides, diuréticos tiazidicos e antipsicóticos.

Veja abaixo os critérios para o diagnostico pré-diabetes e para o DM

– Critérios para o diagnostico de  Pré-diabetes:

– Hb1Ac entre 5,7% e 6.4% ou

– Glicemia de jejum entre 100 e 125 mg/dL ou

– Glicemia pós prandial de 2horas (exame TOTG) entre 140 e 199mg/dL

–  Critérios para o diagnostico de Diabetes:

– Hb1Ac ≥ 6.5% ou

– Glicemia de jejum ≥ 126mg/dL ou

– Glicemia pós prandial de 2horas (exame TOTG) ≥ 200mg/dL

– Glicemia ao acaso ≥ 200mg/dL em pacientes com sintomas

Com exceção do ultimo item, todos os demais precisam ser repetidos e confirmados.

Aproximadamente 25% dos indivíduos com pré-diabetes desenvolverão diabetes em três a cinco anos.

O diabetes é sabidamente uma doença que aumenta o risco cardiovascular. Mas pacientes com pré diabetes também estão sob esse risco. A hiperglicemia, na ausência de DM, também foi associada ao aumento no risco de doença cardiovascular.

Dessa forma, intervenções terapêuticas em pacientes com pré-diabetes podem ser importantes na prevenção primária das complicações .

As mudanças no estilo de vida constituem uma das ferramentas fundamentais e são os pilares para o início do tratamento tanto em pacientes com diabetes tanto para os pacientes em estágios iniciais.

Se você está sob esse risco o acompanhamento com o Endocrinologista é fundamental.

Caso você tenha algum exame desses alterados, converse com um endocrinologista.

Deixe uma resposta

Fechar Menu